Posts

Como atrair clientes e vender mais nas redes sociais?

Confira dicas imperdíveis e aplique no seu negócio hoje

04.10.21 - 09H18 Por camillalima
Para atrair clientes é necessário se diferenciar no mercado

O que funciona nas redes sociais? Que tipo de postagem preciso fazer para atrair mais clientes? E o mais importante, como converter likes em vendas? Ter presença no digital é importante, mas com estratégia. Sem ela as postagens serão só postagens, e sem métrica será impossível mensurar se o que você está fazendo está tendo resultado. 

Segundo o consultor e professor de marketing e mídias digitais, W Gabriel, para atrair clientes é necessário se diferenciar no mercado, senão você será visto apenas como mais um e virará refém de preço ou promoções exaustivas para conseguir vender. Segundo o especialista, que também é facilitador do curso “Transformação Digital para Micro e Pequenas Empresas, as redes sociais são essenciais, porque elas podem mostrar uma postura da empresa muito mais encantadora. 

Mas para seduzir esse cliente é necessário, antes de tudo, chamar atenção: “Postagens que saiam do lugar comum, da mesmice, cumprem esse propósito. Você pode se utilizar de um som específico na postagem, de cenários diferentes, cores com mais destaque, ou até vídeos editados de forma plástica, com transições chamativas e capturas de câmera inovadoras, deixando a estética melhor”.

Há quem avance sobre o humor com dancinhas ou piadas, mas segundo W. Gabriel é preciso cautela ao optar por esse caminho, porque nem todos os negócios se encaixam nesse perfil e pode, inclusive, acabar gerando o efeito contrário, com a ridicularização:

“Cuidado. A ideia é se diferenciar para chamar atenção, mas de forma positiva e coerente com o perfil da empresa no mercado”, alerta. 

Feito, chamou a atenção do cliente. Mas só isso não basta. É preciso despertar o interesse, ou seja, dar a ele mais informações para conhecer seu produto. “Isso pode ser alcançado com um site, ou com uma sequência de vídeos que explique mais sobre o produto, ou até com stories mostrando os bastidores do produto e tirando dúvidas”, exemplifica. 

Após essa explicação, é hora de despertar o desejo do consumidor, a vontade de comprar. Isso pode ser alcançado com depoimentos de clientes satisfeitos, ou exemplos de uso do produto, talvez até utilizando influenciadores. “A ideia é fazê-lo sonhar em ter esse produto, projetar-se num futuro próximo usando seu produto, levando esse cliente a acreditar que aquele produto é ideal para ele”. 

Por fim, é necessário chamar para ação, ou seja, inserir nas postagem o famoso CTA (Call to action). Isso fará o cliente tomar a ação de clicar e comprar, ou pelo menos, entrar em contato. “Fazer essa chamada para ação (ex: compre agora, faça sua inscrição, clique no link agora, adquira hoje etc.) é essencial, pois não deixará o cliente à deriva na sua rede social”. Seguindo todos esses passos, você conseguirá criar uma sequência de postagens de forma eficaz não apenas para atrair cliente, mas também para vender mais.

Diante disso, é essencial que suas redes sociais sejam vistas também como ponto de venda. Para isso, é necessário que se dê importância para a “fachada da loja” (ou seja, o visual das postagens que estão sendo trabalhadas), para a “exposição dos produtos na gôndola” (ou seja, as formas inovadoras de mostrar o produto, de modo que chame atenção e gere interesse e desejo no cliente) e para o “atendimento de vendas” (ou seja, aquele contato feito por WhatsApp ou inbox para tirar alguma dúvida, por exemplo).

“E, assim, como todo PDV, também é importante que haja uma forma de aquisição rápida do produto. Isso significa que o cliente pode assistir a um vídeo que apresenta seu produto, tirar dúvidas por inbox e já querer comprar ali mesmo, tendo à disposição algum sistema de pagamento eletrônico, seja via PIX, PagSeguro ou outro meio”, pontua. 

De acordo com W Gabriel, se o empreendedor trata as redes sociais como PDV, todas essas atenções são necessárias. Assim, certamente ele conseguirá ter retorno, como nos PDV tradicionais. Mas alerta: “É importante também destacar que os investimentos precisam ser parecidos, pois há pessoas que querem ter sucesso nas redes sociais, mas não querem investir sequer 1 real em design, em conteúdo ou em publicidade. E isso limita o processo de crescimento”. Abarcando todos esses requisitos, fica mais factível se chegar a um excelente resultado nas redes sociais. 

Quer se aprofundar e aprender de vez como dominar essa e outras estratégias para aplicar no seu negócio? Não perca a oportunidade e inscreva-se agora no curso GRATUITO “Transformação Digital para micro e pequenas empresas”. Em formato de ensino à distância (EAD), o curso, idealizado pela Fundação Demócrito Rocha, com o apoio da Universidade Federal do Ceará, tem como objetivo promover o debate, a qualificação e o aperfeiçoamento de profissionais, empreendedores e pequenas empresas que querem desenvolver novos negócios ou incorporar as soluções digitais nas estratégia do seu negócio.

Para acompanhar tudo sobre o universo do empreendedorismo acesseMOVIMENTO EMPREENDER e tenha acesso a um universo de possibilidades.

Notícias Relacionadas