Posts

Por que toda empresa deve ser digital?

Estar presente nas redes sociais não faz da sua empresa digital. Conheça estratégias para otimizar a digitalização do seu negócio

02.09.21 - 12H48 Por camillalima
Conheça e escolha os canais mais adequados ao seu negócio.(foto: Getty Images)

Qual a primeira coisa que você faz quando precisa comprar algo? Pesquisa. Mais especificamente, joga na internet. Lá, além do acesso às informações básicas do produto, é possível ainda analisar a satisfação de outros clientes que já adquiriram o que você está almejando. Ninguém mais faz compras no escuro. Aquele tempo de bater perna no Centro da cidade, entrando e saindo de loja, pesquisando já não faz mais tanto sentindo – salvo para os fãs da modalidade ‘bater perna no Centro’, claro. 

Presença nas redes sociais. Hoje todo mundo que tem um negócio, seja ele grande ou pequeno, está lá. Mas você sabia que isso não significa que sua empresa seja digital? Ser digital é incluir soluções digitais nos processos de sua empresa. Com o auxílio dessas ferramentas, é possível criar novos negócios ou melhorar os serviços já oferecidos. Não é algo novo, já vinha acontecendo, mas de fato, foi acelerado pela pandemia, principalmente, para os pequenos negócios. Presença digital é “ter processos de negócios que exploram soluções digitais para aumentar qualidade, velocidade e alcance do trabalho”, como define Janaína Oleinik, Engenheira da Computação. 

A mestre em informática lembra ainda, que quem não está presente no digital, provavelmente não será lembrado ou encontrado no momento em que o potencial cliente iniciar sua jornada de busca ou compra. “Ao mesmo tempo que ele não tem acesso as suas informações atualizadas, ele encontrará várias opções de concorrentes”, enfatiza Janaína. 

Para habilitar seus canais digitais, é preciso traçar estratégias. Hoje, 80% do tráfico na internet vem do consumo de vídeos, talvez seja por isso que ultimamente você tenha visto tanta gente fazendo dancinha por aí. Mas afinal, como otimizar minha presença digital? Nossa especialista da computação, é quem manda as dicas. 

1 – Conheça e escolha os canais mais adequados ao seu negócio. Procure entender quais são as regras do jogo do canal. Se você é um designer, precisa estar também no Instagram, mas não pode deixar de se apresentar na Behance, a rede de designers, por exemplo.

2 – A jornada do cliente muitas vezes começa no buscador, principalmente no Google. Explore as ferramentas de otimização de busca e, se possível, publique alguns anúncios pagos. 

3 – Site: mantenha seu site atualizado com as informações mais importantes sobre a empresa, sobre o processo de trabalho, parceiros e fornecedores. Se já contar com algumas experiências de clientes, agregue alguns testemunhos. Mesmo que o produto ou serviço já seja conhecido da população em geral, não deixe de realizar ações que ajudem na educação do seu futuro cliente: explique, conte as histórias que o ajudarão no processo de decisão na jornada de compra. 

4 – Explore as redes dos clientes: a sua marca e a reputação são construídas com o apoio deles. Lembre-se que a comunicação ficou mais fácil, e a experiência do cliente vem em primeiro lugar, inclusive, antes da experiência do consumidor com o seu produto ou serviço. 

5 – Inove, experimente: o digital permite experimentar em ciclos mais curtos e de forma mais barata. Experimentação é aprendizado. 

6 – Pense sim no TikTok. O seu trabalho poderá contar com a divulgação de pessoas que ainda nem o experimentaram. 

Mas como as redes sociais são também parte fundamental desse processo, preparamos essa postagem com os 5 erros mais comuns que impedem seu perfil de crescer

Confira ainda o papo com o especialista em Marketing Digital, Luciano Farias, sobre a importância de digitalizar seu negócio:

Quer saber mais sobre o assunto, não perca a oportunidade de se inscrever no curso GRATUITO Transformação Digital para micro e pequenas empresas. Inscrições a partir do dia 10 de setembro aqui

Notícias Relacionadas